Deriva de Herbicidas Auxínicos no Campo

Atualizado: 3 de mai. de 2020

A resistência de plantas daninhas à herbicidas é sem dúvida um dos piores problemas da agricultura no País. Dentre as opções de manejo da resistência, os herbicidas auxínicos tem se tornado uma opção viável no controle de folhas largas, sejam plantas de buva, sejam plantas de caruru.


Entretanto, a aplicação incorreta destes herbicidas tem gerado movimentação destes para fora do alvo, seja por derivas, por volatilização ou contaminação em tanques. Pensando nisso, a Rede de Pesquisas em Matologia em parceria com a Embrapa e Empresas do Setor, vem desenvolvendo diversos estudos relacionados à movimentação destes herbicidas, sendo que, logo teremos interessantes resultados a serem apresentados.


Veja por exemplo, o efeito da deriva de apenas 0,5% da dose de bula de um herbicida auxínico em uma soja não-tolerante.



#dicamba #2,4-D #tecnologiadeaplicação #soja

60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo